23 junho 2011

ABC...

Uma forma diferente de apresentar o alfabeto! Um livro muito original para ler/ver, descobrir e divertir!

BOAS LEITURAS!

14 junho 2011

Rede Social para jovens leitores


    O Portal Biblon constitui-se como uma rede social de leitores júniores. Destina-se a promover a leitura dos mais jovens, entre os mais jovens.
    Permite partilhar leituras, opiniões, vídeos, fotos e desenhos.
    O Biblon apresenta ainda uma biblioteca com uma selecção de livros dividida por faixa etária:


    Oferece também uma lista de livros recomendados pelo PNL, Livro da Semana, Destaques e um Top 5 dos livros mais lidos.
    Um projecto muito interessante em prol da leitura.
    Aconselho-te vivamente a visitar este portal!

BOAS LEITURAS!

13 junho 2011

A Estrelinha Pálida

   Aquando da visita de Pedro Seromenho a Tomar, ainda no decorrer do 1.º período, os alunos da E. B. 1 de Santo António criaram um livrinho inspirado na obra do escritor, "A Estrelinha Pálida". O nosso trabalhinho foi publicado em formato digital e já conta com 10 000 visitas!



Myebook - A Estrelinha Pálida - click here to open my ebook


Boas leituras, leituras cintilantes!

Fernando Pessoa

   Fernando António Nogueira Pessoa, mais conhecido como Fernando Pessoa, completaria hoje 123 anos caso ainda estivesse vivo.  Nasceu em Lisboa a 13 de Junho de 1888. Foi criado em Durban, na África do Sul, onde viveu dos 6 até aos 17 anos. Lá aprendeu a língua inglesa. Por isso, das quatro obras que publicou em vida, três são nessa língua.

   Como poeta, desdobrou-se em múltiplas personalidades poéticas por si criadas, conhecidas como heterónimos: Alberto Caeiro, Ricardo Reis e Álvaro de Campos, três poetas diferentes, mas que, na realidade são a mesma pessoa, Fernando Pessoa.
   É considerado um dos maiores poetas da Língua Portuguesa e da Literatura Universal.

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente

Fernando Pessoa



Sou um guardador de rebanhos

Sou um guardador de rebanhos.
O rebanho é os meus pensamentos
E os meus pensamentos são todos sensações.
Penso com os olhos e com os ouvidos
E com as mãos e os pés
E com o nariz e a boca.

Pensar numa flor é vê-la e cheirá-la
E comer um fruto é saber-lhe o sentido.

Por isso quando num dia de calor
Me sinto triste de gozá-lo tanto,
E me deito ao comprido na erva,
E fecho os olhos quentes,
Sinto todo o meu corpo deitado na realidade,
Sei da verdade e sou feliz.

Alberto Caeiro


Poema "Sou um guardador de rebanhos" (e outros) declamado(s) por Mário Viegas.

Poema
Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.
Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.
Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.
Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas).
Álvaro de Campos

Poema "Cartas de amor" declamado e cantado por Maria Bethânia

Para ser grande, sê inteiro

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive

Ricardo Reis



Mar Português

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!
Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma nao é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.
Fernando Pessoa, in Mensagem



(Um poema para os mais pequenos)
Poema Pial
Toda a gente que tem as mãos frias
Deve metê-las dentro das pias.
Pia número UM
Para quem mexe as orelhas em jejum.
Pia número DOIS,
Para quem bebe bifes de bois.
Pia número TRÊS,
Para quem espirra só meia vez.
Pia número QUATRO,
Para quem manda as ventas ao teatro.
Pia número CINCO,
Para quem come a chave do trinco.
Pia número SEIS,
Para quem se penteia com bolos-reis
Pia número SETE,
Para quem canta até que o telhado se derrete.
Pia número OITO,
Para quem parte nozes quando é afoito.
Pia número NOVE,
Para quem se parece com uma couve.
Pia número DEZ,
Para quem cola selos nas unhas dos pés.
E, como as mãos já não estão frias,
Tampa nas pias!

Fernando Pessoa


   Para saberes mais sobre este grande poeta e ler a sua obra, podes consultar as seguintes páginas:

   http://users.isr.ist.utl.pt/~cfb/VdS/pessoa.html (Poemas de Fernando Pessoa e seus heterónimos)


Boas leituras!
 


06 junho 2011

5 de Junho - Dia Mundial do Ambiente


   No dia 5 de Junho de 1972, a Assembleia Geral das Nações Unidas estabeleceu a celebração do Dia Mundial do Ambiente - na abertura da Conferência de Estocolmo (Suécia) sobre Ambiente Humano. Desde então, assinala-se, neste dia, o Dia Mundial do Ambiente. Pretende alertar e consciencializar a população e os políticos para a necessidade de preservar um Ambiente cada vez mais fragilizado.
Pretende sensibilizar as pessoas para a urgência de adoptar hábitos saudáveis para o nosso bem estar e para o do planeta:
  • poupar a água
  • separar o lixo
  • poupar a energia
  • preservar as espécies ameaçadas
  • preservar as reservas naturais
  • preservar os recursos naturais do planeta
  • ...
   Este ano, o Dia Mundial do Ambiente associa-se ao Ano Internacional das Florestas e centra-se no tema "Floresta: a natureza ao seu serviço".
   A Índia é o país anfitrião. Sabias que é uma das economias (país) que mais investe em crescimento verde, ou seja, a favor do meio ambiente?

   Seguem-se alguns vídeos relacionados com o Ambiente: vídeos que nos mostram, não só a beleza e diversidade existentes no nosso planeta, como também as suas fragilidades, obra da mão humana!







Eis a ligação para os restantes 5 episódios do programa da BBC sobre o Planeta Terra
(alguns dobrados, outros legendados):

Diverte-te e aprende com alguns passatempos:

Imprime e resolve.



Encontras mais origamis (sobre animais e outros temas) na seguinte página:
http://www.comofazerorigami.com.br/


   Algumas páginas a visitar:

   Fotos de animais (National Geogrphic):
http://photography.nationalgeographic.com/photography/photo-of-the-day/animals/

   Instituto de Conservação da Natureza & Biodiversidade (ICNB):

   Reservas Naturais de Portugal (ICNB):
http://portal.icnb.pt/ICNPortal/vPT2007/O+ICNB/%C3%81reas+Protegidas/Reservas+Naturais/

   Cidade renovável:
http://www.energiasrenovaveis.com/AreaGeral.asp?ID_area=13&tipo_area=Null

E como vem sendo habitual, umas propostas de leitura (disponíveis na nossa biblioteca):

















BOAS LEITURAS!
LEITURAS VERDINHAS e ECOLÓGICAS!!!
  

05 junho 2011

1 de Junho - Dia Mundial da Criança

   O Dia Mundial da Criança foi celebrado com actividades ao ar livre que tiveram como tema a maçã (símbolo do projecto "Let me grow", ou seja, "Deixem-me crescer", no âmbito do projecto Comenius em que a escola está envolvida).
   Começámos por ler uma história de José Eduardo Agualusa, "A menina que queria ser maçã". Convidámos os alunos a pintarem uma maçã: se fossem uma maçã, como seriam?
   Houve espaço para brincadeiras com rebuçados pendurados na árvore. Divertiram-se a resolver sopas de letras, a pintar ou a dançar a Dança da Maçã. 
   Actividades muito divertidas que animaram a tarde de 1 de Junho na E. B. 1 de Santo António.
   Aqui ficam algumas imagens para recordar!

video

"Todas as grandes personagens começaram por ser crianças, mas poucas se recordam disso."
Antoine de Saint-Exupéry

"A criança é alegria como o raio de sol e estímulo como a esperança."
Coelho Neto

04 junho 2011

A arte e os museus

No dia 18 de Maio, como é sabido, celebra-se o Dia Internacional dos Museus.
A turma do 2.º ano, numa sessão que decorreu na biblioteca da escola, preparou-se para visitar o museu municipal e assim assinalar com as devidas honras essa data.
A sessão iniciou com a leitura de um texto de António Torrado, escrito especialmente para o Dia Internacional dos Museus, "A Dama do Retrato" ...

A dama do retrato (clica no título para leres a história)

...E continuou com a descoberta do livro "Ah!" de Josse Goffin, que logo arrancou um Ah! de admiração ao virar da primeira página... 




 
Através da exploração do livro, falámos de arte, da importância dos museus e do que lá podemos encontrar. Falámos sobre as obras de arte presentes ao longo do livro...


Foi o pretexto para falarmos dos museus que podemos visitar, aqui , tão perto de nós, na nossa linda cidade de Tomar. Logo alguns falaram do Museu dos Fósforos, mas de seguida, o silêncio poisou as suas asas na biblioteca: não conheciam, ou pelo menos, não se lembravam de mais nenhum!

Mostrei-lhes então esta fotografia:



Algumas crianças souberam logo indicar a sua localização; não souberam, no entanto, o seu nome: o Núcleo de Arte Contemporânea de Tomar. Quando lhes disse que iríamos visitar o NAC , o Museu Municipal, para assinalar o Dia Internacional dos Museus, o entusiasmo foi notório.
Mas antes da visita, e para terminar a sessão na biblioteca, tinha um pequeno desafio para lhes lançar:

Foi entregue a cada aluno uma folha dobrada na qual se podia ver desenhada uma caneta. Abrindo a folha, a partir da parte do desenho visível, deviam dar continuidade àquela forma, à semelhança do que fez o ilustrador Josse Goffin no seu livro Ah! e, para finalizar, colar no seu desenho uma pequena imagem da Árvore azul do artista José de Guimarães, peça que recebe os visitantes do museu e visível na foto acima.
Aqui ficam alguns dos trabalhos realizados:








Como a chuva nos pregou uma partida, não pudemos visitar o museu no dia 18, conforme tínhamos combinado. Tivemos que adiar a nossa visita para o dia seguinte.

Fomos muito bem recebidos e a nossa anfitriã tinha uma pequena surpresa para nós: umas divertidas actividades para podermos explorar o museu e as suas obras. Os alunos receberam o desafio com muita animação.



Se ainda não visitaste o NAC (Núcleo de Arte Contemporânea), aproveita o fim-de-semana e vai ao museu! Os museus guardam a nossa história, a nossa cultura...

Se és um apaixonado de arte e de museus, recomendo-te vivamente estes sítios: